Quinta-feira, 26 de Julho de 2007

Sinceramente...

 

...mesmo, mesmo, mesmo, sinceramente... estou farta disto.

Agora não tenho tempo, e ainda bem.

Agora como menos, e ainda bem.

Agora talvez vá ser mais feliz, e ainda bem.

O meu caminho ainda promete muitos desastres e muitas barreiras, mas é mesmo assim, e ainda bem.

Vou desaparecer daqui, os testamentos vão para a psicóloga e ela que me interne num hospital psiquiátrico quando a minha cabeça não aguentar mais, e assim será, e ainda bem.

Isto foi giro, sim, foi. Terá sido terapêutico? Terá aumentado a minha obsessão? Serás que me fez ainda pensar mais nisto e só nisto e viver menos a minha vida?

Concerteza que sim.

Por isso... digo adeus e até breve ou até qualquer dia ou até... vá-se lá saber o que as horas me reservam...

Sejam felizes.

Libertem a mente.

SEJAM FELIZES!

 

Hoje estou...: vazia
Música de fundo: silêncio
Publicado por opium às 18:29
link do post | Comentar | ver comentários (10) | favorito

.Quem sou?

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.ProZas recentes

. Sinceramente...

. Será o típico "blá blá"?

. Dia bom, dia mau, dia bom...

. Uma caverna, que tal?

. Ansiedade, ansiedade e ma...

. Hardcore

. Fantasias, sonhos, realid...

. Incongruências

. A matemática das coisas

. 6.º grau de turbulência i...

.ProZas antigas

blogs SAPO

.subscrever feeds