Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Será o típico "blá blá"?

 
Ponto de situação: 45,5Kg
O que eu penso sobre isto: isto está a correr mal!
O que eu penso ainda: isto vai melhorar!
 
Estabeleci que nesta semana e na seguinte daria uma derradeira oportunidade a mim mesma. Consciente da difícil batalha que travo, comecei já a dar os passos num sentido melhor: ginásio, despensa sem tentações, refeições equilibradas e redução do número de erros alimentares.
Para já posso afirmar que o ginásio tem-me feito sentir muito mais equilibrada. O facto de as aulas serem em grupo também ajuda muito, porque sinto-me mais estimulada, com vontade de não falhar, de ir e tentar sempre dar o máximo possível. Os espelhos em redor também ajudam: havia muito tempo que eu não via o meu corpo em espelhos diferentes dos meus. Entretanto concluí também que a zona abdominal tem sido a mais lesada com os erros alimentares, por isso... tenho que me esforçar para tentar, no mínimo, e lentamente, ir regressando aos hábitos saudáveis.
Depois do ginásio fico horas e horas a sentir-me bem, saudável, afastada das compulsões e cada vez com mais coragem para enfrentar os dias. Oxalá não seja Sol de pouca dura, mas parece-me que a conjugação do acompanhamento da psicóloga, o aumento da dosagem da medicação pelo psiquiatra e a prática mais regular de desporto... tudo conjugado fazem um quadro a meu favor. Por fim, falto eu: não posso desistir de mim. E é isso que tento fazer.
Simultaneamente mergulho o mais profundamente possível na minha vida e nos meus pensamentos e tento encontrar razões que justifiquem tudo o que está a acontecer. Posso assegurar-vos que quase diariamente encontro novas razões que adensam o meu estado lastimável.
Mas nem tudo é mau, claro, porque afinal sinto-me melhor, mais equilibrada, mais calma também... só falta mesmo aniquilar o sono: tenho sono de mais e cansaço de mais... precisava de cafeína directamente para as veias!
Penso também que vou sabotar isto por hoje: vou-me embora, faltar ao trabalho, ir para casa mais cedo e descansar um pouco mais; amanhã faço o mesmo e para a semana tento voltar com a bateria carregada. Talvez ainda cometa umas loucuras e veja uns filmes e tal... tudo menos comer desalmadamente! Já sei... Vou beber um café, ficar lá sentada, tranquila, serena, alegre... e escrever... e depois de escrever vou ler... e depois de ler vou para casa... Sim, é isso que vou fazer.
Tenho um cansaço imenso sobre mim: ninguém consegue imaginar como me sinto cansada. Por isso vou tirar o dia para mim, vou tirar as horas para mim e depois, bem, depois logo se verá...
 
Respirar fundo... e tentar sorrir um pouco. Respirar fundo...
 
Arriscar-me-ia a dizer que me sinto bem. Mas não, não quero antecipar-me a nada. Só espero que o dia de hoje continue a correr bem; no mínimo que seja como o de ontem ou até melhor.
 
Tenhamos todas coragem para enfrentar as horas!
 
Hoje estou...: com sono e sono e mais sono
Música de fundo: silêncio absoluto
Publicado por opium às 13:46
link do post | Comentar | ver comentários (9) | favorito

.Quem sou?

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.ProZas recentes

. Sinceramente...

. Será o típico "blá blá"?

. Dia bom, dia mau, dia bom...

. Uma caverna, que tal?

. Ansiedade, ansiedade e ma...

. Hardcore

. Fantasias, sonhos, realid...

. Incongruências

. A matemática das coisas

. 6.º grau de turbulência i...

.ProZas antigas

blogs SAPO

.subscrever feeds