Sexta-feira, 1 de Junho de 2007

O dia depois de um dia feliz

 

 

Ontem foi um dia feliz: boas notícias, algum Sol, alguma energia a regressar... um bom dia para sorrir. Mas estava dividida entre a preguiça e o deslumbramento com as boas notícias. O pormenor era que estava na véspera de uma frequência, para a qual estudei pouquíssimo, como sempre! Bom, geralmente safo-me sempre bem e com boa nota, parece que até improviso bem. Nunca fui boa a memorizar, por isso fico uma ideia geral, uma overview, e depois escrevo à minha maneira e ao meu ritmo e estilo aquilo que apreendi, acrescentando-lhe sempre algumas opiniões pessoais, comentários, críticas, etc. Tem resultado! :)

 

Hoje a frequência correu bem. Improvisei o mesmo de sempre, mas não inventei nada, nem acrescentei ideias que não interessavam; simplesmente deixei que o texto fluísse. Fiquei bem mais feliz no fim da frequência, aliviada, leve... estava bem-disposta, sorridente! Ainda por cima um belo dia de Sol esperava por mim, então pus os óculos de Sol e fui de mão dada com o meu namorado almoçar. Tudo bem, estava com fome e tudo.

 

Agora de regresso ao meu cantinho... onde eu sou mais eu, onde o Sol se esconde mais... aqui estou eu, aquela que é novinha por estes lados, aquela que não sabia bem, e não sabe ainda, por onde começar.

 

Já sei. Vou fazer algo que sempre quis fazer! No final do post coloco uma lista de tudo o que comi hoje.

OK. Este não é um blog pró-anorexia nem pró-bulimia, mas eu sou uma menina com um probleminha alimentar, não sei se lhe chame distúrbio. Um dia falo melhor sobre isso, pode ser?

 

Vou deixar aqui uns dados, só por curiosidade.

Altura: 1,62 m

Peso: 42,1 kg

 

O que me inquieta é que toda a gente me alerta que estou muito magra, muito magra, muito magra... e eu olho ao espelho e bem vejo que estou magra. Mas não fiquei assim tão magra por querer. Digamos que no início quis de facto emagrecer, eu, que já pesei 65 kg nos tempos mais negros da adolescência, mas que lentamente fui emagrecendo... E fui emagrecendo porque o meu ritmo de vida mudou, porque comecei a praticar mais desporto, porque comecei a ter alguns cuidados com a alimentação... Depois vieram os ataques de pânico e agorafobia, 3 anos sucessivos de sofrimento, 3 tratamentos diferentes... e o último tem um efeito secundário: anorexia, perda de peso e perda de apetite. Ora, o médico não está muito preocupado! Diz-me para comer bolachas!! Mas... o meu pensamento pune a alimentação não recomendável. Ou seja, é como se a minha cabeça fosse ficando com um pensamento semelhante ao de uma menina anoréctica, mas a diferença é que eu como carne, peixe, batatas, arroz, pão, massa, fruta, legumes,... Isto é, só sou restritiva nos doces, nos fritos e em algumas carnes e controlo, por vezes demais, as quantidades a ingerir. O certo é que não paro de perder peso! E até já ando a fazer um esforço para comer um pouco mais... Será que resultará? Mas... será que eu quero que resulte? Pois é... acabei por gostar de me ver assim! E quero é manter!! Mas não sei como...

Para piorar tenho ataques de gula semanais!! Antes não tinha, era muitíssimo controlada; agora... ando sempre babada...

 

O meu problema agora é arranjar uma camisola para uma cerimónia que fique bem, seja engraçadinha, e não mostre os meus braços esqueléticos, nem seja decotada, senão vê-se a zona do pescoço, peito, costas, onde é só osso... Nas pernas tudo bem; nunca fui muito fina de pernas, portanto... não há problema, com excepção de uns ossos salientes ao lado dos joelhos.

 

Isto tudo parece meio ridículo, não é?

 

Pois é... A minha vida é boa, a sério. Eu é que já não sei quem sou nem como sou nem como devo ser nem o que devo fazer. Não estou em harmonia comigo.

 

Desabafar faz bem. Perdoem a perturbação, a intromissão.

 

 

Agora estou aqui sozinha. O meu namorado vai estar longe hoje e amanhã. Querem a verdade? Sem ele aqui só me apetece fazer asneiras, tipo ir fazer compras, encomendar pizzas, comer gelados, fazer bolos, beber cafés e mais cafés... ou seja, fazer tudo o que não é correcto para mim (para ele não há problema, ele come à vontade, claro...!) porque me sinto liberta e longe dos olhares punitivos da sociedade! Porque é que não vou fazer nada do que a minha cabeça planeia? Porque não tenho dinheiro! Ah ah ah!!! Boa! Já por causa dessas coisas pedi-lhe para não me deixar dinheiro nenhum; assim alimento-me bem, com todos os legumes, frutas, carnes e peixes que tenho aqui em casa. Sossegada... é assim que quero estar. Mas esta cabeça... não pára de magicar esquemas!!!

 

Por isso às vezes penso se estarei a enlouquecer. Há fortes probabilidades... vários casos na família de doença bipolar... oxalá as probabilidades não caiam para o meu lado...

 

Vou ler e não pensar, só isso. Trabalhar. É isso. O que é preciso é ocupação.

 

 

Ah, a listinha de hoje!

Pequeno-almoço: 2 canecas de chá de cidreira + 1 pão torrado + 1 pêra

Meio da manhã: 1/4 de meia barra all bran

Almoço: Sopa de legumes + Arroz de potas + Maçã verde com casca

Lanche: 2 canecas de chá de cidreira + 1 pão torrado

Jantar: 3 conchas de sopa de nabiças + 1 tomate

Hoje estou...: Chata!
Música de fundo: Muse - Cave
Publicado por opium às 16:00
link do post | Comentar | favorito
|
1 comentário:
De Amante do Sorriso a 2 de Junho de 2007 às 17:17
Olá!
Quem bom, também tens um blog! eh eh

Sabes, quando estou sozinha em casa também me liberta e longe dos olhar da sociedade! Eu costumo almoçar sozinha, e ao almoço não tenho problema nenhum de comer um bolacha Maria antes da refeição. já ao jantar quando e minha mãe em casa tenho tipo "vergonha" de comer antes da refeição . Tenho medo do que ela possa pensar, dos comentário que podem surgir.

Não sei bem o que te dizer para te ajudar a controlar esse apetite para cometer asneiras! A mim também me acontece o mesmo e eu não sei como evita-lo!

Isabelinha quero que saibas que és muito bem-vinda no meu blog, e que a partir de agora venho aqui sempre que puder.
Beijinho*

Comentar post

.Quem sou?

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.ProZas recentes

. Sinceramente...

. Será o típico "blá blá"?

. Dia bom, dia mau, dia bom...

. Uma caverna, que tal?

. Ansiedade, ansiedade e ma...

. Hardcore

. Fantasias, sonhos, realid...

. Incongruências

. A matemática das coisas

. 6.º grau de turbulência i...

.ProZas antigas

blogs SAPO

.subscrever feeds